时间  6小时 46分钟

路线点数 1818

上传日期 2020年11月30日

记录日期 十一月 2020

-
-
1,444 m
789 m
0
4.1
8.1
16.2 km

浏览次数: 77次 , 下载次数: 1次

邻近 Araujo, Galicia (España)

FOTOS DESTA E DE OUTRAS TRILHAS EM ”CAMINHANTES"


RUTAS DA SERRA DO XURÉS

Voltamos ao Município de Lobios para percorrer algumas das "rutas" do Parque Natural Baixa Limia - Serra do Xurés. O parque natural galego, reconhecido desde 1993, com 20.920 hectares, está localizado a sul da província de Ourense e estende-se pelas montanhas dos municípios de Entrimo, Lobios y Muiños até à fronteira com Portugal, donde limita com o Parque Nacional de Peneda-Gerês. É uma zona montanhosa, agreste e pedregosa, em que o material geológico predominante é o granito, que forma os conhecidos “bolos”, espalhados por toda a serra. A água é outro dos elementos físicos com presença marcada no parque, com numerosas linhas de água originadas pelo desgelo das neves invernais e que formam as denominadas “corgas”, espetaculares quedas de água caraterísticas da zona.




2º DIA
RUTA DE BOUZAS Á FONTEFRÍA


A “Ruta”, como o próprio nome indica, começa em Bouzas, lugar da Paroquia de San Paio de Araúxo, a sul da província de Ourense, concelho de Lobios, terra fronteiriça onde o Parque Natural Galego "Baixa Limia-Serra do Xurés" e o vizinho Parque Nacional Português "Peneda-Gerês" esqueceram os limites administrativos e conformam um Parque Transfronteiriço único na Europa. É um percurso NÃO SINALIZADO, em alguns troços existe sinalética de PR`s e mariolas, mas levam para diferentes trilhos, aconselha-se o uso de GPS.

A rota, até ao Prado Seco, coincide com a “Ruta Os camiños das veceiras”. Percorre um caminho tradicional usado até há bem pouco tempo por pastores ou criadores de gado (pegureiros), que subiam com o gado ao curral do Prado Seco. Este caminho também era usado para trazer o mato da serra nos carros de bois. Ainda se pode ver o desgaste dos rodados em alguns locais do caminho.

Estacionamos o carro logo à entrada de Bouzas (789m). Seguimos, pela rua que atravessa o pequeno lugar, até encontrar o antigo caminho das vezeiras. Aqui, temos um painel informativo da “Ruta Os camiños das veceiras”. Entramos num lugar bucólico, um caminho antigo, entre muros, que percorre uma exuberante floresta mista de carvalhos e castanheiros, zona conhecida como “Carballeira da Bouza”. O amplo caminho ascendente interseta a GR Transfronteiriça Gerês-Xurés, que por dois quilómetros são coincidentes. Progressivamente deixamos a área florestal para entrar na área montanhosa do trilho que apresenta vegetação mais rasteira e algumas formações graníticas conhecidas como “bolos”.



O caminho tradicional leva-nos ao Regato de Fontefría (903m), que cruzamos pela ponte de cimento, e continuamos pelo bem definido trilho que acompanha o regato até visualizar o bolo granítico de Pena Rubia (avermelhado), que tomamos como referência. Cruzamos, de pedra em pedra, a Corga de San Martiño (931m). Aqui, na Pena Rubia, o trilho vira perpendicular ao regato de Fontefría e passa a acompanhar a Corga de San Martiño por um caminho de pé posto, escarpado, por rochas e por vezes mal definido.

Atravessamos novamente a Corga de San Martiño (1084m) para chegar à A Portela (1112m), identificado por duas formações rochosas. O caminho de pé posto desce ligeiramente ao Prado Carneiro Bravo (1091m) e de seguida vira perpendicular à esquerda para o Prado Seco (1089m), um prado recolhido dos ventos, muito verde, onde entre as rochas está a Chivana de Prado Seco.



Agora o trilho atravessa a Corga do Prado Seco (1100m) e começa a ganhar altitude, inicialmente, por caminho de gado muito mal definido e posteriormente por zona mais escarpada de rochas que nos conduz a uma portela onde temos o Marco Fronteiriço 174 (1289m). Algumas fotos e rodamos a Este, na direção de Cabeços de Mação (1284m).

O trilho interseta nova linha de água e gira para Norte. Segue-se por caminho de gado muito mal definido, paralelo à linha de água, em direção ao Curral das Bestas (1373m) e Roca Sendeia (1371m), passando por entre ambos. Continuamos na linha divisória de Espanha-Portugal, são visíveis vários marcos fronteiriços, e à nossa frente começamos a avistar o objetivo da jornada: Fonte Fría!



Com Fonte Fría no nosso horizonte seguimos o caminho por entre vegetação rasteira que, em alguns pontos, está mais acessível devido a uma recente “queimada” até alcançar a Fonte Fría (1457m). Depois de apreciar toda a magnitude da zona envolvente continuamos, baixamos sem caminho definido, por entre a área queimada até ao trilho que nos levou ao Marco Fronteiriço 197 (1338m).

Agora foi seguir encosta abaixo por um trilho muito mal definido, mas já conhecido, até Coto das Gralheiras (1265m). Aqui, giramos a Oeste, e à medida que vamos descendo o caminho começa a ficar mais bem definido. Passamos por Olleiro do Ripazo (1179m) e seguimos para As Lamarellas (1082m) onde encontramos uma rocha em forma de cubo com o nome gravado "Gonçalo". Lugar onde faleceu Frei Gonçalo Coelho.



“Frei Gonçalo no cumprimento dos seus deveres pastorais (Pitões e Cela), foi surpreendido pela neve, o frio e a noite em plena Serra do Xurés, por alturas dos cornos da Fonte Fria, onde faleceu enregelado no dia 2 de Fevereiro de 1501. Os frades das Júnias, acompanhados de numerosos populares, logo que deram pela falta do Santo Abade, foram à sua procura e encontraram-no morto, de joelhos, enterrado na neve, de olhos fixos no céu e com os braços em cruz. Possuídos de religioso respeito, levaram-no para o mosteiro, onde lhe deram sepultura, e consideram-no santo. Durante séculos, numerosos devotos de Pitões e de muitas povoações da região, tanto de Espanha como de Portugal, acorriam a rezar junto do seu túmulo e a ele recorriam nas horas de aflição confiando-lhe todas as suas necessidades. A cabeça do Frade Santo ainda no século XIX se venerava na igreja do convento. Ficou na história de Pitões com o nome de S. Gonçalo”.

A seguir As Lamarellas, abandonamos o caminho de pé posto para atravessar por uma zona de vegetação rasteira diretamente até ao Foxo do Lobo de Guende (1021m) ou da Cabrita. Um fojo recuperado com fundos europeus. A armadilha do lobo Guende era chamada de "cabrita", referindo-se à presa, a cabra, que servia para atrair o lobo e que era colocada dentro da estrutura circular. O lobo saltava para dentro por uma rampa para atacar a cabra, onde as paredes de três metros de altura o impediram de sair. Uma vez capturado, o lobo era recolhido pelos habitantes e passeado pelas aldeias da comarca.



Depois, seguimos a “Ruta do Lobo de Guende”, por aproximadamente 800 metros, caminho amplo e bem definido que desce em direção à localidade de Guende. Numa curva, mais pronunciada à direita, saímos do caminho, sem trilho definido, e seguimos à esquerda em direção a Castelos (950m). Aqui, intersetamos o antigo caminho lajeado que desce ao lugar e atravessa uma exuberante floresta de carvalhos até entrar em Bouzas (798m), local de inicio e término desta “ruta”.


FICHA TÉCNICA
Realização: 30 de novembro de 2020
Percurso: Bouzas - A Portela - Prado Seco - Cabeços de Mação - Fonte Fría - Coto das Gralleiras - Foxo do Lobo de Guende - Castelos - Bouzas
Distancia: 16,2 km
Duração: 6h47min
Tempo em movimento: 4h19min
Tempo parado: 2h28min
Movimento médio: 3,8km/h
Acumulado positivo: 818m
Acumulado negativo: 819m



TRILHAS REALIZADAS PELA ZONA
RUTA DE PADRENDO
RUTA DE BOUZAS Á FONTEFRÍA
RUTA DA CORGA DA FECHA Y CABANIÑA DO CURRO EN CIRCULO POR VIA NOVA ROMANA
RUTA DA MINA DAS SOMBRAS
RUTA TRANSFRONTEIRIÇA GERÊS-XURÉS (TRES DÍAS EN AUTONOMIA)





Se gosta das nossas trilhas adicione a sua avaliação no final da página.
Obrigado pelo seu comentário e avaliação.

Si te gusta nuestras rutas haz tu propia valoración al final de la página.
Gracias por tu comentario y valoración.

If you like our trails, leave your own review at the end of the page.
Thank you for your comment and review.

A equipa Caminhantes
兴趣点

INÍCIO/FIN (BOUZAS)

兴趣点

BOUZAS

兴趣点

PANEL 'RUTA CAMIÑO DE VECEIRAS'

兴趣点

REGATO DE FONTEFRÍA (PONTE)

兴趣点

CORGA DE S. MARTIÑO

兴趣点

CORGA DE S. MARTIÑO

兴趣点

A PORTELA

兴趣点

CARNEIRO BRAVO (PRADO)

兴趣点

PRADO SECO

兴趣点

CORGA PRADO SECO

兴趣点

MARCO FRONTEIRIÇO 174

兴趣点

PRADO CABEÇOS DE MAÇÃO

兴趣点

VISTA ROCA SENDEIA

兴趣点

CURRAL DAS BESTAS

兴趣点

FONTEFRÍA

兴趣点

MARCO FRONTEIRIÇO 197

兴趣点

COTO DAS GRALLEIRAS

兴趣点

OLLEIRO DO RIPAZO

兴趣点

VISTA COTO DA AGUIA

兴趣点

AS LAMARELLAS (FREI GONÇALO)

兴趣点

FOXO DO LOBO DE GUENDE

兴趣点

CASTELOS

评论

    您可以这条路线